Tamanho do texto

Carne nobre e famosa, a Angus possui gordura entremeada e derrete na boca. Para Leonardo Young, é considerada uma das melhores carnes

Suculenta, mais saborosa, sem capa de gordura... Você já experimentou uma carne Angus? A raça desse boi é de origem europeia e hoje forma o segundo maior rebanho do Brasil. Considerada nobre, ela é muito diferente das carnes nelore, que estão entre as mais consumidas. Descubra o que torna essa carne diferenciada, de que forma ela é feita e qual o ponto correto de preparo.

Vencedor do MasterChef Brasil Leonardo Young fala sobre as características da carne Angus
Divulgação
Vencedor do MasterChef Brasil Leonardo Young fala sobre as características da carne Angus

O grande trunfo da carne Angus é marmoreio, ou seja, ela possui mais gordura entremeada que derrete na hora do preparo e deixa o bife com sabor amanteigado. “Angus é uma das melhores carnes. Não é como a do boi Wagyu  que tem muita gordura entremeada e acaba enjoando rápido, ela tem um equilíbrio”, afirma o vencedor do MasterChef Brasil Leonardo Young.

Corte

Os bifes dessa carne possuem cortes mais generosos, normalmente são do tamanho de uma palma de mão, e são fatiados com aproximadamente dois dedos de espessura. O apresentador Thiago Rocha viajou recentemente para a Argentina e fala que essa carne é muito apreciada no país e o corte é um dos grandes diferenciais.

“Na Argentina, o Angus é muito utilizado no churrasco e um bife dessa carne é sensacional. O estilo do corte é parecido com o da picanha, mas o gosto é totalmente diferente”, conta Thiago. “É diferenciada, macia e saborosa, uma pena que aqui no Brasil o preço não é tão acessível”, completa.

O apresentador Thiago Rocha provou o bife angus na Argentina e achou sensacional
Divulgação
O apresentador Thiago Rocha provou o bife angus na Argentina e achou sensacional


Leonardo ainda explica que sempre que se trabalha com uma carne mais nobre, o corte é feito mais grosso porque ela a qualidade da peça é melhor.

Ponto da carne

Para o preparo, não existe uma regra. O vencedor do Masterchef diz que é uma questão de gosto. Por outro lado, o ponto do bife é algo que merece atenção, já que interfere na qualidade e em características, como maciez e suculência, do alimento.

Qual carne usar, tempo para assar e todas as dicas para o churrasco perfeito

“O ponto correto de uma carne é ‘ao ponto’, ou seja, rosado por dentro. Uma carne bem feita não fica com sangue escorrendo ”, explica o ganhador do programa de culinária, que dá uma dica para você evitar que o bife fique ensanguentado. “Quando se faz a carne e corta na sequência o sangue escorre. Para isso não acontecer, tem que deixar a carne descansando, assim o suco dela será distribuído”, explica.

Formas de preparo

A carne é tão boa que normalmente é servida sozinha . “É aconselhado pegar uma peça grelhar ou fazer na churrasqueira para poder sentir o sabor. Sem molho é o melhor ou no máximo com um molho suave”, fala o chef. Ele diz que usar o Angus para preparar um strogonoff, por exemplo, não fica bom porque você não consegue sentir o sabor da carne.

Quer se aventurar como churrasqueiro? Anote as dicas e faça o churrasco perfeito

Enganações

Cuidado com enganações! Para atrair o público, muitas lanchonetes falam que os hambúrgueres são feitos de Angus, porém Leonardo alerta que ao moer a carne qualquer tipo de gordura pode ser adicionada. “É uma judiação moer uma carne dessa porque ela é entremeada e se você não preserva a peça inteira não vai sentir a diferença”, expõe.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.