Tamanho do texto

O objetivo da campanha é acabar com a ideia de que homens depressivos são fracos e mostrar a importância de buscar ajuda de amigos e profissionais

De acordo com dados recentes da OMS (Organização Mundial da Saúde), a depressão afeta mais de 300 milhões de pessoas ao redor do mundo. Para alguns homens, assumir a doença é difícil, já que os padrões sociais os fazem acreditar que assumir o problema torna-os fracos. Pensando em como quebrar esse estigma associado aos problemas de saúde mental , a ONG “HeadsUpGuys” criou recentemente uma campanha chamada #ReachOut.

Leia também: Desespero, ansiedade, morte - como os problemas financeiros afetam a saúde mental

O objetivo da ONG é quebrar o estigma de que homens não sofrem com a depressão e incentivar a busca por ajuda
shutterstock
O objetivo da ONG é quebrar o estigma de que homens não sofrem com a depressão e incentivar a busca por ajuda

O objetivo da campanha é conscientizar sobre a depressão masculina e combater a ideia de que homens precisam ser fortes e não podem sofrer com a doença. “A realidade é que essa doença não tem nada a ver com a fraqueza pessoal. Ela não é diferente de outros problemas de saúde graves, como diabetes ou pressão arterial alta – pode acontecer com qualquer pessoa”, dizem os idealizadores da campanha no site oficial.

Para conseguir isso, a ONG pediu que fotógrafos e artistas retratassem as próprias lutas contra a doença e comentassem sobre a importância de procurar ajuda. A ideia é que as imagens incentivem outros homens a procurar auxilio. “Para muitos homens que superaram a doença, o ponto decisivo veio quando eles buscaram ajuda com um amigo, membro da família ou profissional de saúde”.

Leia também: Crise política pode desencadear quadros de transtorno de ansiedade

Ensaio fotográfico

Os fotógrafos foram convidados a retratar como enfrentaram a doença
Reprodução/Facebook/Mike Alegado
Os fotógrafos foram convidados a retratar como enfrentaram a doença

"Não há vergonha alguma em pedir ajuda. Somos humanos e não devemos carregar todo esse peso sozinhos, isso causaria a nossa queda", diz o fotográfo Mike Alegado. 

Além de representar como se sentiam, os artistas foram convidados a falar sobre a importância de buscar ajuda
Reprodução/Facebook/Tsoku Maela
Além de representar como se sentiam, os artistas foram convidados a falar sobre a importância de buscar ajuda

"A imagem reimagina a solidão não como uma forma de solidão, mas uma oportunidade para se reconectar (ou neste contexto, alcançar) consigo mesmo. Você é digno e merecedor de amor e apoio dos outros", diz o artista visual Tsoku Maela.

Leia também: Os spinners realmente ajudam a controlar crises de ansiedade?

O fotógrafo retratou sobre a ajuda estar mais próxima do que você imagina
Reprodução/Facebook/Adam Hague
O fotógrafo retratou sobre a ajuda estar mais próxima do que você imagina

"Sempre há alguém com quem você pode conversar sobre isso. E mais perto do que você imagina", diz o fotógrafo Adam Hague.

Joel Robison retratou a importância da ajuda na vida de uma pessoa que enfrenta a doença
Reprodução/Facebook/Joel Robison
Joel Robison retratou a importância da ajuda na vida de uma pessoa que enfrenta a doença

"Ao se aproximar das pessoas em nossas vidas, podemos permitir que elas nos proporcionem uma chance de nos ajudar e orientar através das dificuldades que podemos ter", diz o fotógrafo Joel Robison sobre a depressão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.