Tamanho do texto

O casal Louis e Laura Baker estavam preocupados que o bebê pudesse nascer com problemas de saúde e, por isso, ele ultrapassou o limite de velocidade

O que você faria se a sua esposa grávida começasse a ter contrações e precisasse ser levada às pressas para o hospital ? Em uma situação como essa, o britânico Louis Baker não respeitou o limite de velocidade e, por causa disso, levou uma multa no valor de 2,5 mil libras esterlinas, ou seja, mais de 12 mil reais. 

Leia também: Jovem leva mãe que perdeu a formatura como acompanhante no próprio baile

Louis Baker levou uma multa por excesso de velocidade quando a esposa, Laura, entrou em trabalho de parto
shutterstock
Louis Baker levou uma multa por excesso de velocidade quando a esposa, Laura, entrou em trabalho de parto


Em entrevista ao portal "The Sun", Laura Baker, esposa de Louis, explicou que o marido acelerou o carro — e, consequentemente, levou a multa — porque estava preocupado com a saúde do filho. "Eu estava grávida de 38 semanas e cinco dias. Recentemente, descobrimos que o bebê havia parado de crescer com 36 semanas."

Dessa forma, o casal precisava chegar rápido ao hospital porque existia a possibilidade da criança nascer com problemas de saúde. O percurso de carro leva cerca de meia hora, e o pai chegou a atingir uma velocidade de 165 quilômetros por hora em parte do caminho. Nesse momento, ele foi flagrado por uma câmera na estrada. 

"Eu estava tendo contrações quando entramos no carro e comecei a ficar muito preocupada porque elas estavam acontecendo cada vez mais rápido, a cada dois minutos", explica Laura. "Minha primeira filha nasceu em 11 minutos e, por causa disso, nós pensamos que nosso novo bebê poderia chegar muito rápido." 

 "Eu estava com muita dor e vi que ele chegou a 165 quilômetros por hora em uma parte do caminho. Louis não estava concentrado na velocidade nessa hora, ele estava tentanto nos manter seguros na estrada e me levar ao hospital o mais rápido possível. Eu sentia como se precisasse empurrar o bebê ali, mas não tinha lugar para parar." O casal, porém, conseguiu chegar ao hospital e o bebê Ellis nasceu saudável. 

Leia também: Pai bomba no Twitter após divulgar as conversas hilárias que tem com as filhas

Multa inesperada

Depois que voltou para casa com o filho e a esposa, Louis descobriu que havia sido flagrado e ficou ainda mais surpreso ao ver o valor que precisa pagar. Ele tentou recorrer, explicando a situação para as autoridades e enviando documentos que comprovavam o nascimento de Ellis, mas recebeu um retorno negativo. 

Leia também: Pai esconde surpresa para filho antes de falecer e ele só descobre anos depois

"Recebemos uma carta falando que eles receberam nossa evidência, mas não fez nenhuma diferença. Estou de licença maternidade e meu marido de licença paternidade. Não podemos pagar uma multa de 2,500 libras. Louis nunca se meteu em problemas e acreditava que se eu tivesse o bebê no carro, algo poderia dar errado. Se algum policial tivesse nos parado por causa da velicidade, eles teriam nos levado até o hospital com a luz de emergência ligada, mas infelizmente foi uma câmera", completa Laura. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.