Tamanho do texto

O objetivo é lembrar que o “não” de uma mulher deve sempre ser respeitado

O carnaval está chegando e já passou da hora de saber que quando uma mulher fala “não” à paquera, ela realmente quer dizer “não”. No entanto, muitos homens ainda não entenderam o conceito de “não é não” e, para fixar bem a ideia antes da folia chegar, uma empresa resolveu fazer uma ação com os funcionários homens para conscientizar sobre o assédio.

Leia também: Violência e assédio são as principais preocupações de brasileiras, indica estudo

Empresa faz campanha para funcionários homens propagando a ideia do
Reprodução/Twitter/@yushuu
Empresa faz campanha para funcionários homens propagando a ideia do "não é não" e viraliza nas redes sociais

A ideia foi compartilhada no Twitter pelo usuário @yushuu. Segundo ele, é uma campanha específica para o carnaval feita pela empresa. “Colocaram duas caixas no banheiro masculinho, uma escrito “abra” e a outra “não abra””, fala. Quando o homem abre a primeira, ele encontra uma camisinha. Quando abre a segunda, há um papel escrito “ não é não ”, lembrando que o não deve ser respeitado.

Leia também: Livro propõe reflexão sobre masculinidade

Publicado na quarta-feira (27), o tweet com a ação da empresa contra o assédio viralizou. Até o momento, foram mais de 11 mil compartilhamentos e 29,7 mil curtidas. Entre as reações, muitas mulheres acharam a ideia de falar sobre o assunto boa e necessária. No entanto, alguns homens não entenderam bem o conceito e falaram que abririam a caixa por curiosidade.

Não é não!

Nas redes sociais e nas ruas, mulheres reforçam a ideia do
Reprodução/Instagram/@rioetc
Nas redes sociais e nas ruas, mulheres reforçam a ideia do "não é não" para conscientizar contra o assédio

A ideia da ação é lembrar que o “não” deve ser sempre respeitado, independente da curiosidade e vontade de ver o que está dentro da caixa. Aplicando isso para a vida real, o objetivo é que o homem entenda que não importa o quanto ele se interessou por mulher, se ela disse “não” ou deu sinais de que não quer, então é isso que deve prevalecer.

Leia também: Assédio no carnaval: mulheres explicam sinais que também querem dizer "não"

No entanto, nem sempre as mulheres precisam dizer “não” para você entender que a paquera não deve prosseguir. Alguns sinais são o suficiente para dar um fora. Se afastar, procurar por uma amiga, desviar o olhar ou cortar a conversa são alguns dos sinais de que ela não está interessada em você. No carnaval , a paquera costuma ser sempre mais rápida e intensa. Porém, isso não justifica não estar ligado a esses alertas femininos.

Neste carnaval, não se esqueça: não é não !

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.