Tamanho do texto

Garçom Michael Sturm se machucou ao cair na primeira tentativa de bater recorde, mas não desistiu e percorreu 40 metros com 26 canecas de um litro

Foi com muita dedicação que um garçom alemão estabeleceu um novo recorde mundial para o maior número de canecas de cerveja carregadas de uma vez só. Em um evento realizado nesta quarta-feira (27) em São Paulo, Michael Sturm levou 26 canecas de um litro cheias de cerveja por um percurso de 40 metros. Com a marca, ele entra para o Guinness Book, o livro dos recordes.

Leia também: Engorda? Qual tem mais álcool? Lata ou garrafa? Curiosidades sobre a cerveja

“Você cai, mas se cai precisa levantar rápido e seguir adiante
Samuel Chaves/Divulgação Brahma
“Você cai, mas se cai precisa levantar rápido e seguir adiante", afirmou o alemão Michael Sturm, que entrou para o Guinness

E quando a gente fala em dedicação para conseguir o título, é muita dedicação mesmo, porque até sangue o alemão derramou para conseguir bater o até então recorde registrado pelo Guinness Book : 25 canecas carregadas pelo também alemão Oliver Strümpfel. O que aconteceu é que Michael caiu em sua primeira tentativa, quando o objetivo era andar pelo percurso com 28 canecas.

Leia também: Pai surpreende ao fazer post com "regras" para futuros pretendentes das filhas

O garçom, que veio ao Brasil a convite da Brahma, estava a poucos metros do final quando todas as canecas foram ao chão. Como ficou com a perna machucada, com bastante sangue escorrendo, precisou ser atendido pela equipe médica presente no evento. No total, o Guinness Book dá três tentativas para uma quebra de recorde, mas foi a empolgação do público que motivou Michael a não desistir e voltar para a casa sem o título.

Caminho até a vitória

Aos gritos de quem estava no local, o garçom segurou 26 canecas cheias de cerveja, o que totalizou 58,8kg, e conseguiu chegar ao final dos 40 metros. Todas as canecas foram colocas em uma mesa no final do percurso. Depois de uma análise da árbitra oficial do Guiness Book, Michael Sturm ganhou seu registro no livro dos recordes.

Leia também: Cinco dicas para quem quer entender melhor de vinho

“Você cai, mas se cai precisa levantar rápido e seguir adiante. Foi muito legal ter essa oportunidade de fazer isso no Brasil. Agora, o Oliver vai tentar recuperar o recorde e estarei preparado para essa disputa”, afirmou o alemão – que dedicou o recorde não só a ele e a família, mas também ao seu técnico. Sim, ele tem um técnico para carregamento de canecas de cerveja.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.