Tamanho do texto

Confusão foi descoberta pela esposa, que encontrou produto que usa nos dias em que está menstruada dentro do saco de arroz após jantar do marido

Uma usuária do Facebook compartilhou uma experiência um tanto quanto inusitada que passou com o marido. O homem, que mora no Texas, Estados Unidos, confundiu o coletor menstrual que a esposa usa nos dias em que está menstruada com um medidor de arroz. Para piorar, ele não ficou apenas na confusão, também chegou a usar o produto feminino para cozinhar e, para terminar, ainda o guardou dentro do saco de arroz.

Leia também: "Ele não tinha ideia de como usar um absorvente": o que pai de menina deve saber

Coletor menstrual é um produto feminino que pode ser usado no lugar do absorvente externo ou interno, mas é reutilizável
Arquivo pessoal
Coletor menstrual é um produto feminino que pode ser usado no lugar do absorvente externo ou interno, mas é reutilizável

Foi por conta disso que, no dia seguinte, Cindy Hobbs descobriu a confusão que o marido havia feito com seu coletor menstrual . Em entrevista ao site “Kidspot”, a norte-americana conta que o parceiro sempre foi horrível na cozinha e afirma que nunca deveria ter confiado nele para o jantar. “Ele não consegue cozinhar de jeito algum, queima torradas, faz molhos grossos, é sem esperança.”

Na hora que encontrou o produto no saco de arroz, tirou uma foto e mandou para o marido, questionando-o sobre o . Ele respondeu que a receita pedia três copos de arroz, então usou o famoso “copinho” para fazer a medição. Cindy só respondeu com um emoji de carinha enjoada. Depois, explicou ao marido a confusão que ele tinha feito.

Apesar de centenas de reações e compartilhamentos no Facebook com o relato, Cindy acabou excluindo o post depois que alguns veículos de comunicação usaram sua foto e do marido sem autorização. 

Afinal, o que é um coletor??

Chamado também de “copinho”, o coletor é um produto que pode ser usado no lugar dos absorventes interno e externo . A diferença é que ele é reutilizável.

Quando a mulher está em seu período menstrual, ela coloca o “copinho” na vagina e o deixa lá por um período que não pode ultrapassar 12 horas. O produto vai conter o fluxo menstrual, sem deixar vazar para o ambiente externo.

Quando o limite de horas acabar ou quando ela sentir necessidade mesmo, retira o coletor, joga o fluxo que ficou reservado no vaso sanitário, limpa na água corrente, seca bem e, depois, já pode inserir na vagina de novo. Ao final do ciclo, o produto deve ser higienizado com sabonete neutro e água fervente.

Leia também: Mulher não acredita que negro em aeroporto é rico, mas ele dá a melhor resposta

Nem todas as mulheres se sentem a vontade de usá-lo, mas o coletor menstrual gera muitas vantagens não só para a mulher, como o fim de alguns desconfortos gerados pelo fluxo da menstruação, mas também para o meio ambiente, já que pode ser reutilizado por alguns anos. Não precisa ter nojo dele porque o fluxo menstrual não é algo sujo, mas também vamos evitar usá-lo como medidor de arroz, ok?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.