Tamanho do texto

Barbeiro diz quais produtos influenciam a perda dos fios, indica o melhor corte para quem possui entradas e fala quando vale mesmo assumir a careca

A calvície é algo comum a muitos homens e, como influencia na aparência, isso pode afetar a autoestima. Muitos tentam esconder ou disfarçar essa falta de cabelo com algumas técnicas e até implantes. Entretanto, a melhor opção pode ser assumir essas entradas optando por cortes que te favoreçam.

Leia também: Adeus calvice ou falhas na barba! Conheça técnicas de implante capilar

Príncipe William e Paulinho Vilhena são alguns exemplos de homens que assumiram a calvície com muito estilo
Reprodução/Instagram
Príncipe William e Paulinho Vilhena são alguns exemplos de homens que assumiram a calvície com muito estilo


O príncipe William causou um alvoroço na web ao aparecer recentemente quase careca. Ele possui um pouco de cabelo nas laterais da cabeça e na parte de cima tem pouquíssimos fios. Ao invés de tentar tratamentos para a calvície, resolveu fazer um corte batidinho. Alguns tabloides britânicos especulam que o novo corte custou cerca de 204 euros (aproximadamente R$ 920).

Outra celebridade que também resolveu assumir as entradas é o ator Paulinho Vilhena. Após realizar tratamentos que não tiveram sucesso, ele decidiu encarar a falta de cabelo como um processo natural e tem optado por cortes de cabelo que não escondem, mas, sim, tornam esse detalhe um diferencial.

Disfarçar ou assumir?

O barbeiro Gil Rodrigues, da “Barbearia Bar”, conta que alguns caras não aceitam a falta de cabelo e querem esconder isso a todo custo. O profissional explica que alguns penteados realmente ajudam a disfarçar e novas técnicas, como a de entrelaçamento e o implante, prometem solucionar o problema. Quando a falta de fios é na parte de trás dá até para disfarçar com o próprio cabelo, mas quando se trata de entradas, não tem muito que fazer.

Leia também: Shake de proteínas pode ser solução para as entradas e perda de cabelo

“Têm pessoas que assumem as entradas e elas combinam com o estilo deles naturalmente, então procuramos mostrar isso para nossos clientes, porque muitas vezes nem eles mesmos se dão conta disto”, expõe o barbeiro. “Uma boa pedida de corte é o ‘batidinho natural’, pois o cabelo curtinho não deixa as entradas em evidência”, acrescenta.

O que contribui para isso?

Vale lembrar que alguns fatores podem contribuir para a falta de cabelo. Gil afirma que produtos químicos usados de forma errada podem induzir à queda dos fios e também torná-los quebradiços.

Outro grande vilão é o boné, e o especialista aconselha evitar o seu uso: “Quando chega um cliente em que as entradas estão começando a aparecer, eu logo pergunto se ele usa boné, apenas para confirmar minhas suspeitas. A resposta é quase sempre afirmativa”.

Já o gel não é prejudicial, desde que seja usado com o cabelo seco.

Leia também: Cientistas podem ter descoberto a causa da calvície e do cabelo branco

Dicas de corte

Não é para todo homem que o corte batido, adotado recentemente por Paulinho Vilhena, serve. Ele ajuda a disfarçar as entradas que ainda estão no começo e também casos como do ator, que que ainda tem cabelo na região central da cabeça. 

Porém, quando o cara tem uma calvície muito evidente ou apenas alguns fios isolados na cabeça, o mais indicado, de acordo com Gil, é ele ir cortando o cabelo cada vez mais baixinho até ir se acostumando e, após um tempo, pode raspar a cabeça e assumir de uma vez a careca. “Pode demorar um pouco, mas logo, logo o cara se acostuma”, conclui.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.