Tamanho do texto

Você sabia que houve uma época em que quem produzisse uma cerveja ruim, seria afogado nela? E se te dissermos que a cor da garrafa em que ela é armazenada influencia na qualidade e até no gosto da bebida?

A cerveja é uma das bebidas mais consumidas no mundo e uma das mais populares entre os homens. Sua história envolve tradição, sabor e cultura e, ao longo da história, a bebida já passou por inúmeras transformações – principalmente no modo de produção. Ela tem sua origem no Oriente Médio e, após se espalhar pela Europa, ganhou popularidade no mundo todo.

Leia também: Engorda? Qual tem mais álcool? Lata ou garrafa? Curiosidades sobre a "breja" 

A cerveja é uma bebida que agrada não só os brasileiros, mas também pessoas do mundo todo; veja curiosidades
shutterstock
A cerveja é uma bebida que agrada não só os brasileiros, mas também pessoas do mundo todo; veja curiosidades


Com tantos tipos, saber mais sobre ela pode ajudar na hora de escolher qual é a melhor cerveja para tomar, seja sozinho, em um encontro ou em uma farra entre amigos. Para você se situar melhor nessa paixão mundial, o Clube do Malte separou algumas curiosidades sobre a popular "breja".

Curiosidades sobre a cerveja

1. Muitos estudos e dados históricos apontam que essa bebida existe há pelo menos 8.000 a.C..

2. Em 1539, uma região da Alemanha chamada Baviera proibia a fabricação da bebida  durante o verão, porque, devido as altas temperaturas, ela estragava com muita facilidade após a fermentação.

3. Quando a bebida surgiu, os fabricantes eram obrigados a caprichar na produção. Isso porque, de acordo com o Código de Hamurabi (que foi escrito por volta de 1730 a.C e reunia punições bastante severas a certos crimes), o cervejeiro que fizesse uma bebida ruim, deveria ser afogado nela.

via GIPHY

4. A bebida também é popular entre monges, que produzem e consomem o líquido há muito tempo. Quando precisavam fazer jejum, as versões mais encorpadas da bebida eram fundamentais, porque sustentavam tanto que quase “substituíam” uma refeição.

via GIPHY


5. Existem vários tipos da bebida que é classificada por famílias e estilos. São três famílias: Lagers, Ales e Sour. Dentro dessas três famílias existem mais de 150 estilos.

Leia também: Marca desenvolve bebida feita com bactérias vaginais de modelo tcheca

6. Na época da antiguidade, só as mulheres produziam a bebida (e eram chamadas de "alewifes", algo que, em português, significaria algo próximo de "esposas cervejeiras").

7. Já percebeu que a maior parte delas é comercializada em garrafas de vidro  marrons? Pois existe uma explicação para isso. Recipientes mais escuros ajudam a proteger o líquido dos raios ultravioleta, evitando a oxidação do líquido.

8. Para a produção , é usado o lúpulo, uma planta que garante o índice de amargor (IBU)  e influencia no aroma da bebida. Ele foi introduzido na bebida pela primeira vez nos anos 600 a.C., porque as regiões que começaram a produzi-la tinham a planta em abundância e uniram o útil ao agradável quando perceberam que ela podia ajudar na concentração.

via GIPHY


9. Existe um padroeiro oficial dos cervejeiros na igreja Católica e ele é o Santo Agostinho.

Leia também: Cerveja artesanal sem glúten? Sim, isso existe e já testamos

10. Você sabia que pode se tornar um especialista no assunto? Zitologia é o nome dado ao estudo da cerveja , e, consequentemente, o nome de quem a estuda é zítólogo. Além disso, há também a zitogastronomia, estudo das combinações entre a bebida e a gastronomia, envolvendo a harmonização dela com a comida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.