Tamanho do texto

O soldado Lindsey estava em um treinamento quando soube que a filha estava nascendo e, mesmo de longe, deu um jeito de assistir ao momento

Os soldados que estão de serviço no Exército dos Estados Unidos nem sempre podem estar perto da família. Esse é o caso do militar Brooks Lindsey, que estava participando de um treinamento no estado do Texas quando recebeu a notícia de que a filha estava nascendo perto de sua cidade natal, em Brandon, Mississippi, mais de 1,5 mil quilômetros de onde ele estava. 

Leia também: Homem faz "ensaio paternidade" para anunciar gravidez, e resultado fica hilário

A americana Tracy Dover foi quem compartilhou a história viral do militar Brooks Lindsey nas redes sociais
Reprodução/Facebook/Tracy Dover
A americana Tracy Dover foi quem compartilhou a história viral do militar Brooks Lindsey nas redes sociais

De acordo com as regra do Exército americano, os soldados só têm permissão para viajar de volta para casa se houver complicações no parto. Por causa disso, o militar não achava que iria estar ao lado da esposa nesse momento tão importante. Entretanto, a condição médica de Haley, esposa de Lindsey, mudou o rumo da história. "Eu recebi uma ligação do meu médico avisando que a minha pressão estava muito alta e que o bebê estava ficando estressado", conta em entrevista ao portal "Bored Panda". 

Por causa disso, ela precisava estar no hospital o mais rápido possível, e o parto seria induzido. Isso fez com que o soldado ganhasse permissão para voar de volta para casa, mas o voo que levaria Lindsey para o Mississipi foi adiado duas vezes para manutenção. "Eu não sabia se até lá o bebê já teria nascido", comenta Haley.

Foi o médico quem teve a ideia de usar a tecnologia para algo positivo. "Meu médico disse para minha sogra pegar o celular e mostrar para ele [Lindsey] o que estava acontecendo." Assim, a mãe dele transmitiu o parto através de ligação de vídeo enquanto ele estava no aeroporto.


Haley conta que, mesmo com o marido precisando entrar no avião, os funcionários do aeroporto permitiram que o pai assistisse a transmissão pelo celular até o final depois que eles escutaram o médico gritar "Não deixe ele embarcar! Ela está aqui! Ela está aqui". 

A filha do casal, Millie Lindsey, nasceu saudável e, no fim das contas, o pai conseguiu embarcar no avião e passar quatro dias com a família antes de retornar ao trabalho. 

Leia também: Pai bomba no Twitter após divulgar as conversas hilárias que tem com as filhas

História do militar viralizou nas redes

A americana Tracy Dover estava no mesmo voo que Lindsey e, vendo a cena, decidiu gravar a reação emocionada do pai. "Eu estava pensando 'ai meu Deus'", diz em entrevista à "CBS News". "Ele estava assistindo o nascimento do bebê no celular e foi a coisa mais angustiante e de partir o coração que eu já vi". 

Ela também tirou uma foto do pai enquanto ele via a filha pela primeira vez e compartilhou nas redes sociais  . "Esse soldado estava no meu voo que estava atrasado. Ele teve que assistir o nascimento da filha por transmissão de vídeo. Ele estava chorando e nossos corações estavam partidos. Nós demos o espaço que ele precisava. Quando ouvimos o choro do bebê, o parabenizamos. Eu queria compartilhar isso porque não quero que esqueçamos dos nossos militares e o sacrifício que eles fazem todos os dias", escreveu em publicação no Facebook.

Leia também: Pai esconde surpresa para filho antes de falecer e ele só descobre anos depois

A foto recebeu mais de 200 mil curtidas e 120 mil compartilhamentos. Depois, Haley também compartilhou o vídeo do marido assistindo ao nascimento de Millie e mais de 290 mil pessoas assistiram à reação emocionada do militar

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.