Tamanho do texto

Quando Bella, de dois anos, começou a chorar durante a apresentação de balé, Marc Daniels decidiu que era hora de se transformar em uma bailarina

O que você faria se sua filha começasse a chorar no meio de uma apresentação de balé ? O britânico Marc Daniels decidiu tomar uma atitude surpreendente: subiu no palco e dançou junto ao grupo de bailarinas no qual as filhas Gaida, de quatro anos de idade, e Bella, de dois anos, fazem parte. Um detalhe importante é que ele ainda segurava a filha mais nova, Suri, de sete meses, com apenas um braço enquanto encenava os passos de dança. Pai multitarefas! 

Leia também: Pai não encontra fraldário, troca filha no chão, fica revoltado e faz post viral

Quando Bella, de dois anos, começou a chorar no palco, o pai da menina, Marc, decidiu se juntar ao grupo de bailarinas
Reprodução/Facebook/In Motion School of Dance
Quando Bella, de dois anos, começou a chorar no palco, o pai da menina, Marc, decidiu se juntar ao grupo de bailarinas






Marc, a esposa, Kim, e as três filhas vivem na cidade de Hamilton, capital das ilhas Bermudas. A apresentação de balé foi filmada e compartilhada nas redes pela escola de dança que organizou o evento. No vídeo, o homem aparece imitando os passos que as crianças faziam e chegou a até dar piruetas nas pontas dos pés. Apesar de saber os passos, a participação do pai não foi planejada.

Em entrevista ao portal britânico "Daily Mail", ele conta que se juntou às bailarinas para acalmar a filha do meio. "Bella estava muito emocionada e precisava de um abraço do papai", afirma. "Apesar do momento de birra, eu posso dizer que ela queria ficar no palco, e eu não queria desencorajá-la antes da grande apresentação e fazê-la ser a única a não participar."

Então, Marc subiu ao palco, segurando a bebê Suri, e ficou ao lado de Bella, ajudando a menina a ganhar confiança. "Eu disse que a amava e que ela era uma ótima dançarina. Perguntei se ela queria dançar com o papai e ela disse que sim, então me juntei ao grupo. Eu já havia praticado os passos com elas em casa, então não era algo desconhecido pra mim." 

Se você ficou curioso sobre a tal apresentação de Marc, pode assistir o vídeo abaixo: 




Leia também: Para surpreender a filha, pai transforma cavalo em unicórnio e viraliza

Reação bem-humorada do pai

A publicação da escola de dança foi compartilhada mais de 4,5 mil vezes, e o vídeo foi assistido por 367 mil pessoas. Apesar de estar "a um passo de se tornar uma bailarina oficial do grupo" depois da apresentação viral, Marc é advogado e lidou com os comentários e reações no local de trabalho de uma forma bem-humorada. 

"Juízes, policiais e outros profissionais da justiça fizeram piruetas para mim para mostrar que viram o vídeo", comenta. "Até nos dias de julgamento, um dos magistrados fez um comentário sobre como eu danço e todo mundo caiu na risada." 

Leia também: Militar acompanha nascimento da filha por vídeo e emociona redes sociais

O sucesso da atitude do pai o fez até repensar sobre a escolha de carreira (de brincadeira, claro). "Antes de ter filhas, eu não pensava nem em tentar fazer passos de balé, mas agora todo mundo em Bermuda sabe sobre mim na ponta dos pés. Talvez nunca seja tarde demais para se tornar uma bailarina!", brinca. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.