Tamanho do texto

"Não foi o casamento dos nossos sonhos, mas foi o casamento que tornou nossos sonhos realidade", diz Joey Williams que fez questão da cerimônia

Os americanos Nina Marino, de 19 anos, e Joey Williams, de 21 anos,  planejavam se casar no dia 4 de setembro na capela de um hospital da Flórida, nos Estados Unidos, em a noiva estava internada com câncer terminal , mas um dia antes o casal precisou mudar os planos, pois os médicos disseram que, devido a doença, Nina não sobreviveria até o dia seguinte e, mesmo sabendo que ficaria viúvo, Williams quis casar.

Joey Williams sabia que ficaria viúvo, mas quis realizar o sonho de se casar com Nina Marino, seu amor de infância
Reprodução/Facebook
Joey Williams sabia que ficaria viúvo, mas quis realizar o sonho de se casar com Nina Marino, seu amor de infância


“O médico nos encorajou, ele disse que se quiséssemos nos casar, deveríamos fazer [a cerimônia] naquele dia. Foi muito tudo de uma vez. Nina apenas disse: ‘Ok, vamos fazer isso’”, conta o viúvo em entrevista ao site americano “People”.

Então, o casamento precisou ser preparado em apenas algumas horas. Nina colocou um vestido de noiva, usou uma faixa de flores na cabeça e teve até um buquê. Como a americana estava muito fraca e passava por um tratamento intensivo, ela não pode ir até a capela do hospital, então os funcionários do local resolveram fazer uma bela decoração no quarto da jovem.

Não foi o casamento dos nossos sonhos, mas foi o casamento que tornou nossos sonhos realidade

“Não foi o casamento dos nossos sonhos, mas foi o casamento que tornou nossos sonhos realidade”, desabafa Williams. “Foi muito importante para ela. Era uma das coisas que ela definitivamente queria fazer e uma das coisas que eu também queria fazer.”

A cerimônia contou com a participação de cerca de 30 convidados, incluindo membros da família, amigos e funcionários do hospital. Durante a cerimônia , o noivo, que vestiu um smoking para a ocasião especial, ficou sorridente e emocionou a todos quando beijou o amor da sua vida.

“Eu fiquei muito feliz porque consegui casar com minha melhor amiga. Eu queria fazer isso desde que começamos a namorar”, afirma o americano. “É algo que sabíamos que queríamos fazer. Eu não queria que ela morresse, mas eu sabia que isso provavelmente iria acontecer. Então eu queria fazer tudo o que tínhamos planejado. Ela disse no hospital que não queria morrer sem nos casarmos.”

Ela disse no hospital que não queria morrer sem nos casarmos

Como o  casamento foi feito de última hora, o fotógrafo contratado inicialmente não estava disponível, então o profissional Nil Patel foi chamado e ele correu para o hospital para registrar esse momento único.

“Eu estava profundamente devastado emocionalmente por dentro, enquanto tentava agir com calma e profissionalismo por fora”, lembra Patel. “A alegria e força que todos mostraram foi algo muito profundo para mim. Toda a família mostrou um tipo de força para Nina que eu nunca vi antes na minha vida.”

Viúvo lamenta a perda do seu amor 

O viúvo ficou desolado quando perdeu Nina, eles se conheciam desde crianças e começaram a namorar ano passado
Reprodução/Facebook
O viúvo ficou desolado quando perdeu Nina, eles se conheciam desde crianças e começaram a namorar ano passado


A jovem acabou falecendo três dias depois do casamento, em 6 de setembro, e Williams ficou desolado porque conhecia a parceira desde criança, mas o namoro começou anos depois, um mês depois da jovem ser diagnostica com sarcoma indiferenciado que rapidamente se espalhou para os pulmões. Ela teve um tumor removido de sua cabeça e passou por sete sessões de quimioterapia.

“A parte mais difícil é não tê-la aqui. Ela faz parte da minha vida desde os oito anos de idade. Ela foi incrível. Ela fez todo mundo sorrir. Ela amava a todos e todos a amavam. Eu não sei como ela fazia isso. Ela genuinamente fez todo mundo com quem ela entrou em contato simplesmente adorar ela”, finaliza o viúvo .

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.