Tamanho do texto

O ano novo está aí, e as tendências da moda masculina já estão definidas

Nos desfiles de moda masculina de 2018, uma coisa chamou a atenção: a volta das roupas de alfaiataria às passarelas de marcas como a renomada italiana Ermenegildo Zegna. A alfaiataria é o estilo formal do terno e gravata, que deu espaço ao oversized , ao sportswear e ao streetwear  recentemente.

Alfaiataria, athleisure, devem se misturar na moda masculina em 2019, enquanto a primeira tenta ressurgir das cinzas
shutterstock
Alfaiataria, athleisure, devem se misturar na moda masculina em 2019, enquanto a primeira tenta ressurgir das cinzas

Mas o que pode-se de fato esperar da moda masculina  para 2019? Será que os ternos e camisas voltarão ao poder depois de serem deixados de lado? Ou o athleisure , como são chamados os outros estilos citado acima, continuará com força?

Um meio termo na moda masculina

Além das cores vibrantes, o xadrez deve continuar sua cruzada para conquistar espaço na moda masculina
shutterstock
Além das cores vibrantes, o xadrez deve continuar sua cruzada para conquistar espaço na moda masculina

A resposta é mais complicada do que pode parecer de início. Primeiramente, a consultora de imagem e vice presidente da Associação Internacional dos Consultores de Imagem, Silvia Scigliano, avisa que o athleisure continuará em alta, mesmo que a alfaiataria volte a crescer.

Ele vem muito forte dos anos recentes, com as track pants (as famosas calças usadas em academias e corridas), e moletom com capuz, principalmente aliados ao blazer, cobrindo o conjunto - esta é uma das formas de mistura que continuará forte.

Antes de mais nada, esse estilo esportivo e despojado "demonstra um homem antenado com a prática de esportes e a tendência do bem-estar", comenta Silvia. Outra tendência a ficar de olho está nas cores: neons estilo anos 1980, laranja terrosos e outras marcam o ano novo.

A consultora de imagem também chama a atenção para outro ponto: o xadrez, que ela afirma que continuará a crescer, depois de deixar sua marca em camisas, calças, ternos e blazers ao longo de 2018.

Quanto ao estilo mais usado, ela não dá a vitória definitiva a nenhum dos lados, mas a vantagem vai para os visuais esportivos. "O esportivo continua sendo usado, misturado com alfaiataria", completa.

Parece que a volta da alta costura ao topo terá de esperar, mas o fato de que ela deu as caras em peso nos principais desfiles de 2018 deve servir como uma luz no fim do túnel para os admiradores do estilo dapper , o "engomadinho" aqui no Brasil.

Velhas novas tendências

Tênis se manterão nos pés dos homens e em alta na moda masculina em 2019, seja com estilo retrô ou os mais modernos
shutterstock
Tênis se manterão nos pés dos homens e em alta na moda masculina em 2019, seja com estilo retrô ou os mais modernos

2018 viu a volta de algumas velhas companheiras do homem, como as pochetes, que vieram direto dos anos 1980 - e, segundo Silvia, voltaram para ficar. Além delas, os tênis e bonés devem continuar fazendo a festa.

Os primeiros têm visto o relançamento de vários clássicos para agradar aos sneakerheads , termo em inglês que designa os aficionados por tênis. Das variantes de corrida aos de basquete, é tudo uma questão de se reinventar no mundo dos calçados.

Leia também: Abuse do chinelo masculino! Veja dicas para usar o calçado em diversos looks

Em 2018, o passado vem servindo de inspiração para reformular clássicos como o Air Jordan I (bem como vários outros tênis da linha do maior ídolo da história do basquete), o Nike Air, o Chuck Taylor All-Star etc. Talvez o grande nome dessa tendência seja a Off-White, grife de luxo da designer americana Virgil Abloh.

E com os bonés, a história se repete: depois da primeira onda que dominou a cabeça dos jovens com a aba reta e o visual fechado, entre 2010 e 2015, voltaram ao pódio os snapbacks, que dão um visual mais retrô (pode-se dizer até mesmo anos 1980) para quem usa, graças às tiras de ajuste.

Outra tendência que a consultora de imagem acredita que vá ficar é a moda militar, que dominou as prateleiras em 2018, e deve continuar seu serviço de alistamento de fãs em 2019.

Ressurgindo das cinzas

A cultura afro-americana que marcou os ringues de patinação deve voltar à moda  masculina, com roupas largas e muita atitude
shutterstock
A cultura afro-americana que marcou os ringues de patinação deve voltar à moda masculina, com roupas largas e muita atitude

Mas se você está querendo a volta de um velho conhecido, 2019 também pode te agradar. Segundo Silvia, o movimento "Black Roller Skating", que fez sucesso nos anos 1980, está ressurgindo, como contou o N.Y. Times - e com ele voltam as camisetas e calças largas.

Para quem ficou perdido, o termo que a consultora menciona se refere à cultura de patinação afro-americana, que teve seu auge nas décadas de 1970 e 1980, segundo o jornal americano.

A população afro-americana foi responsável pela popularização da patinação noturna entre adultos, um passatempo cuja história tem relações com a luta contra a segregação (que separava ringues para brancos e ringues para negros) e até com a violência de gangues.

Depois de perder a força, com vários ringues sendo fechados e demolidos em diversas cidades americanas ao longo dos anos, a cultura de patinação volta a crescer - e deixar sua marca na moda.

A moda é masculina

A moda masculina de 2019 promete manter as tendências anteriores, mas também quer inovar em alguns pontos
shutterstock
A moda masculina de 2019 promete manter as tendências anteriores, mas também quer inovar em alguns pontos

Independente de adotar um estilo dapper ou athleisure , os homens atualmente têm se preocupado mais com sua aparência, valorizando boas roupas, cortes de cabelo e cuidados com a alimentação.

Para ilustrar como isso tem razões que vêm de fora da moda também, Silvia cita uma pesquisa realizada pelo Google BrandLab. Este estudo apontou que ⅓ dos homens já não vê mais problemas em expressar seus sentimentos - sendo que já tomam 40% da audiência de vídeos sobre como cuidar dos filhos no YouTube.

E isso fica refletido na moda e na beleza, mesmo que não pareça possível num primeiro momento. Como explica a consultora de imagem, essa maior liberdade de sentir fez com que os homens se permitissem "usar mais estampas florais e a cor rosa, por exemplo", algo que seria quase que automaticamente descartado pela maioria dos homens de gerações passadas.

Leia também: 7 dicas básicas de moda masculina para você sair por aí com muito estilo

Portanto, as mudanças no dia a dia não revolucionaram apenas o comportamento dos homens: elas criaram uma reviravolta no mundo da moda masculina , que deve continuar a fazer barulho em 2019 - dessa vez, com mais mistura entre casual e formal.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.