Tamanho do texto

Martin Johnstone encontrou debaixo do tapete um bilhete de uma criança, mesmo sendo de anos atrás, ele resolveu procurá-la e a encontrou no Twitter

Há alguns anos, Martin Johnstone, que vive em Glasgow, na Escócia, se mudou com sua família para uma casa nova. Anos depois, ele encontrou vestígios dos antigos proprietários, uma carta escrita por uma criança que dizia: “Cuide da minha casa por mim”. Martin começou a procurar a autora da carta e em menos de 24 horas a encontrou com a ajuda do Twitter.

Leia também: Trocar fralda suja vira uma verdadeira saga para esse pai, e relato viraliza

Martin Johnstone estava tirando o tapete do quarto do filho quando encontrou a carta que pedia para cuidar da casa
Reprodução/Twitter
Martin Johnstone estava tirando o tapete do quarto do filho quando encontrou a carta que pedia para cuidar da casa


A autora da carta é Charlotte Olivia Jane Gardner, que na época tinha 13 anos e, hoje, possui 24 anos e mora na Inglaterra. Segundo informações do portal britânico “Metro”, o sincero bilhete estava escondido debaixo do tapete que Martin resolveu arrancar de um cômodo da casa.

“Nós nos mudamos para cá [a casa] em 2007 e nesse cômodo era o quarto do meu filho, mas desde que ele se mudou para ir para a universidade, o quarto ficou vago. Era uma carta tão linda e, de certa forma, é um tipo de bilhete que você espera que uma criança de 13 anos pode ter escrito”, conta o atual dono da casa.

Leia também: "Estamos separados": homem 'termina' com academia por carta e caso viraliza

Na cartinha encontrada ainda tinha escrito: “Meu nome é Charlotte Olivia Jane Gardner e eu moro nesta casa há 11 anos e este já foi meu quarto. Eu me mudei quando tinha dois anos e agora tenho 13 anos. Também tenho uma irmã que tem 11 anos e viveu aqui a vida inteira. Estou saindo em dois dias, na sexta-feira, e estou muito chateada e triste. Cuide da minha casa por mim. E feliz dia dos namorados”.

A procura da dona da carta

Martin Johnstone conseguiu encontrar Charlotte Olivia Jane Gardner, a autora da carta, através do Twitter
Reprodução/Twitter
Martin Johnstone conseguiu encontrar Charlotte Olivia Jane Gardner, a autora da carta, através do Twitter


Após a história ir parar na rede social, o post rapidamente chegou até Charlotte, isso em apenas 18 horas. Ela foi alertada por sua mãe e rapidamente se lembrou de todas as boas lembranças que tem da sua antiga casa. Foi então que Charlotte resolveu escrever a Martin: “Parece que o seu post chegou até mim”.

Leia também: Em "Desafio da Puberdade", rapaz ganha fama após antes e depois viralizar

“Que surpresa linda acordar esta manhã para ver isso. Tenho boas lembranças daquele apartamento em Glasgow. Era um prédio grande e lindo, com belos tetos que, quando criança, pareciam imensos, não tínhamos um jardim, mas tínhamos o controle da casa e sempre recebíamos muitos amigos depois da aula. Eu espero que você a ame tanto quanto eu amei. Obrigado Martin”, escreve Charlotte emocionada com a  carta .

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.