Tamanho do texto

Pai adotivo de duas crianças com deficiência física, o americano Gregg Eichhorn postou no Facebook as fotos da família brincando no iglu acessível

Montar boneco de neve é algo mais do que comum nos países que enfrentam dias de neve em alguma parte do ano. Mas esse pai dos Estados Unidos aproveitou toda a neve que se acumulou do lado de fora da sua casa criar uma escultura. E o mais legal se tudo: acessível. 

Leia também: "Sempre desejamos a adoção tardia", diz pai responsável por post que viralizou

Detalhe do iglu acessível construído por esse pai norte-americano para seus filhos
Reprodução/Facebook
Detalhe do iglu acessível construído por esse pai norte-americano para seus filhos


Gregg Eichhorn é pai adotivo de nove crianças, todas elas com algum tipo de deficiência. Diante de toda a neve, decidiu fazer, com a ajuda da irmã, um iglu para as crianças se divertirem. Mas como dois se seus filhos usam cadeira de rodas, o local precisava de acessibilidade. 

O norte-americo conseguiu o feito com êxito e compartilhou o resultado em seu perfil no Facebook. 


Na legenda, ele ainda disse que o iglu tem um segundo andar destinado a lançar bolas de neve e brincou: "Não é a primeira coisa ambiciosa que eu faço". 

Leia também: Pai de três filhos descobre traição após exame revelar que ele nasceu estéril

Pai famoso com o iglu acessível

Elijah foi o garoto que tornou Gregg um pai, e o responsável por sua missão de dar um lar a crianças com deficiência
Reprodução/Facebook
Elijah foi o garoto que tornou Gregg um pai, e o responsável por sua missão de dar um lar a crianças com deficiência

São vários os comentários na postagem elogiando a atitude de Gregg. Mas o que tornou a obra de fato famosa foi uma postagem que um amigo do norte-americano fez no Reddit a respeito dela. A história chamou a atenção dos jornais internacionais e a construção acabou virando notícia em sites e redes de TV. Ao portal "The Mighty", ele deu mais detalhes da ideia. 

"Eu havia conversado com as crianças e decidi que iríamos fazer a coisa de uma forma que uma cadeira de rodas pudesse passar, para que o Elijah e a Zahara pudessem entrar no iglu, igual aos outros", fala, referindo-se aos pequenos que usam cadeira de rodas. 

Elijah é o filho mais velho de Gregg. Ainda ao portal, ele conta que ele e a mulher sempre pensaramem formar uma família através da adoção. E, depois de não conseguirem adotar uma garotinha, receberam uma ligação falando de um bebê em estado terminal. Era Elijah. 

Leia também: Pai chora ao fazer desabafo após filha autista ser vetada em natação e viraliza

Gregg e a mulher decidiram assumir a guarda da criança. "Elijah agora já tem 11 anos de idade, e eu não posso imaginar nossa vida sem ele. Ele me torna uma pessoa melhor, e foi quem me ensinou a adotar crianças com necessidades especiais", conta. 

Zahara é a outra filha do casal que precisa de cadeira de rodas e a garota que aparece na foto do iglu famoso. O pai fala que a menina, que nasceu em Uganda, achou a construção hilária. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.