Tamanho do texto

Churrasqueiro ensina como lidar com o fogo, escolher, temperar, cortar e assar as carnes para deixar o churras de domingo com cara de profissional

Juntar a família e os amigos para fazer aquele churrasco no final de semana é tudo de bom, mas sem prática, seu evento pode não sair como o esperado. Ligar o som, colocar a cerveja no freezer e lavar uma salada é simples, agora cuidar do fogo da churrasqueira, escolher qual carne comprar e saber como temperá-la pode ser bem complicado. Para não fazer feio e ne errar na hora da execução, anote essas dicas.

Para fazer um bom churrasco é preciso saber algumas técnicas
Pinterest
Para fazer um bom churrasco é preciso saber algumas técnicas


O primeiro passo é escolher as carnes. O churrasqueiro Marcel Jo diz que as melhores para o churrasco são: picanha, contra filé, fraldinha e filé mignon. Na hora do corte, a dica que ele dá para a carne ficar macia e suculenta é fatiar com pelo menos dois centímetros de espessura.

Acender a churrasqueira

Para acender a churrasqueira , Marcel explica que basta pegar um pão francês seco e velho, molhar com óleo de cozinha e colocar alguns pedaços de carvão – de preferência os mais finos – por cima. Depois, você deve pegar um pedaço de papel e enrolar como se fosse um pavio, molhar novamente com óleo de cozinha, colocar na churrasqueira e atear fogo. A grelha deve ficar de 15 a 20 centímetros do braseiro.

Tempero e preparo da carne

O tempero normalmente vai do gosto de cada um. A sugestão do churrasqueiro é apenas jogar sal grosso por cima da carne. Ele frisa que não é necessário colocar o sal e ficar apertando o ingrediente na carne ou ela pode ficar salgada.

Depois de temperada, a carne já está pronta para ser assada, “Quando colocar na grelha, deixe de sete a nove minutos de cada lado. Evite ficar virando  toda hora, pois o suco da carne pode sair e ela ficará dura”, explica Marcel.

via GIPHY


Linguiça

A linguiça que agrada a maioria das pessoas é a toscana. Marcel diz que o tempo de churrasqueira é de oito a 10 minutos, ou seja, a linguiça deve ficar assando nesse tempo e só depois você deve virá-la. Esse processo será até chegar ao ponto desejado.

Frango

Segundo Marcel, os melhores cortes de frango são a coxinha da asa, a tulipa da asa, a coxa e a sobrecoxa. “O tempero pode ser a gosto. Eu utilizo sal, pimenta, alho, cebola ralada, vinagre branco e um bom azeite”, afirma o churrasqueiro. Ele acrescenta que as partes da asa devem ficar de 10 a 12 minutos de cada lado assando. Já a sobrecoxa demora aproximadamente 20 minutos de cada lado (mas fique esperto para não queimar!).

+ Inspirados em série de TV, chefs criam hambúrguer que tenta simular carne humana

Suínos

Os cortes recomendados são costelinha e panceta e, para o tempero, use apenas o sal grosso. A costelinha pode ser inteira ou em pedaços e o tempo de churrasqueira é de cerca de 15 minutos de cada lado. No caso da panceta, o ideal é cortar em tiras de mais ou menos dois centímetros e ir virando de 10 a 12 minutos.

via GIPHY


Carneiro

Para essa carne, Marcel indica o corte carré ou o pernil inteiro. O carré pode ser temperado apenas com sal grosso, já o pernil inteiro combina com uma mistura de sal, pimenta, cebola, azeite e hortelã picada. Para assar, é preciso deixar a carne na churrasqueira por aproximadamente 40 minutos, virando a cada 10 minutos.  

Costela de chão

Mas se quer preparar a tradicional costela de chão, você vai precisar de espaço e paciência. Marcel conta que, nesse caso, é assada a peça inteira (aproximadamente 10kg) e ela é temperada com sal grosso. A costela fica rodeada por uma fogueira por cerca de seis a sete horas. Pode dar um pouco de trabalho para fazer, mas o churrasqueiro garante que o resultado é ótimo.

Junte a galera

via GIPHY


Depois de seguir essas dicas seu churrasco nunca mais será o mesmo! Ficou empolgado e quer colocar tudo isso em prática? Então junte a família e os amigos e mostre quem é o churrasqueiro  da vez.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.