Tamanho do texto

Roberto Casarotto começou a treinar pesado em 2016 e de lá para cá perdeu 12 kg, ganhou músculos e conquistou um bíceps de 104 centímetros

O italiano Roberto Casarotto, de 51 anos, começou a praticar musculação e, em pouco tempo, conseguiu deixar o corpo escultural. A inspiração dele foi o filho Stefan Casarotto, de 23 anos, que também possui um corpo tonificado. O cinquentão se tornou um fisiculturista, passou a competir e elevou a autoestima – já que é comum acharem que seu filho é, na realidade, seu irmão.

Leia também: Cansado de bullying, jovem "magrelo" se torna um muso fitness de sucesso

Roberto Casarotto se tornou fisiculturista influenciado pelo filho e hoje se sente mais autoconfiante e feliz com o corpo
Reprodução/Instagram
Roberto Casarotto se tornou fisiculturista influenciado pelo filho e hoje se sente mais autoconfiante e feliz com o corpo


“Meu filho me inspirou a esculpir meu corpo; ele decidiu competir como fisiculturista , e eu me juntei a ele. Começamos a treinar muito juntos e nos ajudamos mutuamente a progredir. Todo mundo nos pergunta se somos irmãos. Quando dizemos que não, que somos pai e filho, eles ficam muito surpresos”, conta Casarotto em entrevista ao portal britânico “Daily Mail”.

Rotina de treinos e ganhos

O projeto fitness começou com tudo em 2016. De 89 kg, o italiano passou a pesar 77 kg, ganhou massa muscular e, hoje, conta com um bíceps de 104 centímetros. Com um bom desempenho, competiu pela primeira vez em maio de 2017, terminando em sexto lugar na categoria de homens com mais de 40 anos. Já em novembro do ano passado, ele conquistou o segundo lugar.

Leia também: Disciplina militar! Treinador dá dicas para ter foco e exercitar corpo e mente


Para mantar o físico, ele faz duas horas de academia durante quatro dias na semana e, em época de competição, aumenta para cinco ou seis dias de treino. “Não estava feliz com meu corpo. Sempre vi outras pessoas com o físico perfeito e decidi que era isso o que eu queria. Agora sim estou satisfeito”, expõe o italiano.

Dieta rígida

Além do treino, ele leva a dieta bem a sério. “A alimentação desempenha um papel importante e minha dieta muda durante o ano. Independente disso, tenho de manter meu consumo de carboidratos macronutrientes sob controle, com a adição de proteínas e gorduras”, explica Casarotto. Ele também faz uso de suplementos com acompanhamento médico.

Leia também: Antes de emagrecer 170kg, pai grava vídeo de despedida para filho de 8 anos

Com o novo físico, o cinquentão se sente mais confiante e confessa que se tornou mais ativo. “Quando você começa a ver a mudança, aprecia o que vê no espelho e isso faz você se sentir bem. Ter um bom físico faz você se sentir melhor psicologicamente, o que faz você ter mais energia e poder. Se você não conseguir obter os resultados desejados, provavelmente está fazendo algo errado. Então, minha sugestão é falar com um treinador e, o mais importante, nunca desistir”, aconselha o fisiculturista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.