Tamanho do texto

A jovem resolveu dar uma festa na ausência dos pais, mas não sabia que estava sendo monitorada através de um app; confusão acabou no tribunal

Sabe aquele ditado que diz: "Quando o gato sai, o rato faz a festa"? Foi exatamente isso que aconteceu quando a filha do britânico James Shaw soube que os pais reservaram uma noite para fazer um programa a dois. A jovem disse aos pais que chamaria apenas umas amigas para ficar com ela em casa, o que não aconteceu, mas foi pega no flagra, e a noite terminou em uma grande confusão.

Leia também: Homem viraliza após dar lição em filho

James Shaw pegou a filha beijando um rapaz em uma festinha na sua casa; o pai ficou irritado, mas acabou levando soco
shutterstock
James Shaw pegou a filha beijando um rapaz em uma festinha na sua casa; o pai ficou irritado, mas acabou levando soco


Shaw saiu com a esposa, mas ficou de olho no sistema de segurança da casa com ajuda de um aplicativo no celular. Tudo parecia bem, até que o pai viu quatro meninos chegando para a festinha da filha e ficou horrorizado com a cena. Rapidamente, voltou para casa e acabou vendo a filha aos beijos com Cameron Hull, de 18 anos.

De acordo com informações do portal britânico “The Telegraph”, Shaw encurralou o adolescente e gritou com ele antes de empurrá-lo para fora de sua casa. Porém o rapaz percebeu que havia esquecido sua nova jaqueta e voltou para pegá-la.

Leia também: Pedido de casamento viraliza após sogro do noivo aparecer com placa inusitada

Furioso, o pai da menina impediu a entrada de Hull, que, também irritado com a situação, acabou dando um soco em Shaw. Após ser agredido, o britânico foi chamar a polícia, e o rapaz aproveitou o momento para entrar na casa e pegar sua jaqueta.

Confusão acabou no tribunal

Após todos os problemas enfrentados naquela noite, o pai decidiu ir à Justiça. “Ele só estava beijando a garota quando os pais voltaram para casa inesperadamente. Ela disse [aos pais] que pretendia fazer uma pequena festa , mas parece que eles não esperavam que tivessem homens por lá”, apontou o advogado de Hull, Damian Pickup.

O profissional continuou dizendo que os rapazes saíram correndo da casa, mas o réu tentou entrar de novo. Shaw bloqueou seu caminho e, por isso, acabou levando um soco no rosto. “Meu cliente afirma que os pais da garota enlouqueceram, e a raiva que estavam sentindo foi direcionada principalmente a ele, porque estava beijando a filha do casal”, acrescentou Pickup.

Leia também: Homem cria método bem simples para "amamentar" a filha, e ideia viraliza

Hull admitiu a agressão e, mesmo o advogado se esforçando e alegando que o cliente apenas revidou a provocação do pai agressivo, ele recebeu uma sentença condicional – significa que ele foi considerado culpado, mas não condenado – e terá de pagar uma indenização de 100 libras (aproximadamente R$ 478).

    Leia tudo sobre: aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.