Tamanho do texto

Chris estava utilizando o local para trocar a fralda e alimentar a filha, mesmo assim a mulher pediu para que ele se retirasse, e a situação causou revolta

Um australiano identificado apenas como Chris passou por uma situação constrangedora em shopping de Brisbane, na Austrália, tudo porque ele precisou trocar e alimentar a filha de seis meses. Em um passeio com a pequena Elijah, ele decidiu ir até o " espaço família " do shopping, também chamado de fraldário, para trocar a fralda e alimentar a menina e ficou impactado ao ser repreendido por uma mãe que não queria que ele usasse o local.

Pai estava no fraldário para poder trocar e alimentar a filha, mas foi criticado por uma mãe que não queria a presença dele
shutterstock
Pai estava no fraldário para poder trocar e alimentar a filha, mas foi criticado por uma mãe que não queria a presença dele


“Eu troquei Elijah e depois me sentei no canto para começar a alimentá-la quando uma mulher entrou com a filha, que provavelmente tem de dois a três anos, para trocá-la”, conta o pai em entrevista ao site “Kidspot”. “Ela me viu alimentando Elijah no fraldário , bufou e foi para o outro lado da mesa de troca. Depois de fazer alguns ruídos e conversar com seu filho, ela me olhou e abertamente disse: ‘você não tem permissão para entrar aqui’."

Chris ficou tão chocado com o que ouviu que pediu para a mulher repetir o que ela tinha acabado de dizer, e a mãe furiosa falou novamente que a presença do pai não era permitida naquele espaço. “Você precisa sair, pois eu me sinto desconfortável trocando minha filha com você aqui”, disse a mulher, segundo conta o australiano.

Confusão no fraldário do shopping 

O pai sabia que poderia ficar no fraldário, mas com medo de gerar uma grande confusão acabou saindo do local
shutterstock
O pai sabia que poderia ficar no fraldário, mas com medo de gerar uma grande confusão acabou saindo do local


O pai fez questão de se manter firme no local porque sabia que tinha tanto direito de estar ali quanto a mulher. “Eu apenas respondi 'só estou alimentando minha filha', mas ela disse que iria 'chamar o segurança do shopping' e eu disse que 'tudo bem'”, conta Chris. Até que outra mãe resolveu entrar na discussão e, temendo um grande conflito, o australiano achou melhor deixar o “espaço família”.

Leia também: Pai faz post comemorando trocador de bebê em banheiro masculino e viraliza

“Então eu me levantei para levar Elijah para se alimentar no corredor, mas quando eu estava saindo, outra mulher entrou e, como ela deve ter ouvido o último comentário, me perguntou o que aconteceu e eu contei tudo a ela.”

Antes que Chris fosse embora, essa mulher entrou no local e falou, usando muitos palavrões, que a mãe não tinha o direito de ter aquela atitude, pois aquele se trata de um espaço para ser usado pelas famílias. “Quando cheguei ao final do corredor, essa mulher me chamou e pediu para voltar para a sala. Quando me virei, a mãe furiosa saiu olhando para mim”, lembra o pai.

Quando Chris foi para casa, ele contou para sua parceira, Kate, o que havia acontecido, e ela ficou absolutamente chocada com o comportamento que a tal mãe teve. “A princípio, eu fiquei enjoada e com raiva – honestamente, é tão desanimador saber que ainda há esse nível de ignorância em torno dessa situação”, afirma a mãe de Elijah.

Kate fez questão de enfatizar que as mães querem que os  pais sejam participativos e ajudem nos cuidados com as crianças, mas quando eles fazem isso, são mal vistos – até em locais públicos como o fraldário do shopping. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.