Tamanho do texto

Nem todos são iguais. Mas quando o assunto é sair da adolescência rumo à maturidade, estes são os melhores filmes que você vai achar no mercado

Amadurecer não é fácil. O mundo adulto pode trazer coisas incríveis, mas elas virão acompanhadas de boas doses de frustração, impiedade e desaforo. Ainda bem que não precisa ser assim. A seguir estão os melhores filmes para você a sair ileso da transição entre juventude e maturidade, cada qual com sua lição.

Leia também: Casais que assistem séries e filmes juntos são mais próximos, aponta estudo

Confira agora os melhores filmes para quem quer se tornar um adulto de verdade:

Da esquerda para a direita:
Divulgação/Paramount Pictures/Warner Bros.
Da esquerda para a direita: "Manchester à Beira-Mar", "O Poderoso Chefão I", "Onze Homens e Um Segredo" e "Coach Carter". Estas produções estão na lista dos melhores filmes para passar da adolescência à fase adulta

Agora, sem mais delongas, eis a lista dos melhores filmes para ir da adolescência à vida adulta.

"Coach Carter"

Divulgação
"Coach Carter" é um dos melhores filmes de Samuel L. Jackson, e ele é indispensável para uma lista sobre amadurecimento


“Nosso maior medo é de sermos poderosos além do imaginável. É nossa luz, não nossa escuridão, que mais nos assusta”. Essa frase marca um dos grandes  filmes de esporte já feitos. A missão de Ken Carter (Samuel L. Jackson) não é fácil: unir um time de jovens encrenqueiros para atingir o potencial deles como atletas e alunos, tirando-os das ruas.

Depois de muito sacrifício, desafiando os garotos e a própria direção da Richmond High School, Carter obtém sucesso em sua missão. Uma lição incrível sobre o poder da disciplina e da resiliência para mudar a vida das pessoas. Motivo bônus para assistir: é baseado em fatos reais .

"O Poderoso Chefão I"

Paramount Pictures
"O Poderoso Chefão" se tornou uma trilogia icônica, mas o que merece um lugar entre os melhores filmes é o original

“Não é nada pessoal, são apenas negócios”. A frase de Michael Corleone (Al Pacino), filho de Vito Corleone (Marlon Brando) em "O Poderoso Chefão" se tornou uma máxima do mundo masculino . Quem diria que o submundo da máfia traria lições tão valiosas para nossas vidas?

Se o seu objetivo é aprender sobre as nuances da vida adulta (mesmo que você não seja um capo), "O Poderoso Chefão I"é o filme ideal. Da importância de manter a cabeça fria nas situações mais enervantes a como lidar com o poder, esse clássico tem ensinamentos que merecem um lugar especial em sua memória.

"Onze Homens e Um Segredo"

WARNER BROS./DIVULGAÇÃO
"Onze Homens e Um Segredo" é um dos melhores filmes do tipo, e o elenco estrelado tem lições tão brilhantes quanto o longa

Para dar uma descontraída, esse hit é o segredo. Cada personagem tem sua importância para que esse filme esteja aqui, mas vamos nos focar nos dois principais: Danny Ocean (George Clooney) e Rusty Ryan (Brad Pitt).

Eles são os James Bond’s do grupo. E é por isso que são os escolhidos. Nos dois, o poder da perspicácia e do charme (convenhamos, eles têm de sobra) salta aos olhos. A habilidade de persuadir seus interlocutores sem precisar recorrer à intimidação é um excelente ensinamento para quem quer se tornar um alfa da socialização.

Perspicácia, carisma, elegância e linguagem corporal impecável: as chaves para o sucesso no mundo profissional , que irão te deixar um passo à frente da concorrência na hora do networking – algo que nenhum adulto pode viver sem.

"Manchester à Beira-Mar"

De fato um dos melhores filmes já feitos,
Divulgação
De fato um dos melhores filmes já feitos, "Manchester à Beira-Mar" traz lições importantes sobre o luto

Um filme novo, que deu a Casey Affleck o Globo de Ouro e o Oscar de melhor ator pelo papel de Lee Chandler, "Manchester à Beira-Mar" encerra esta lista num tom sóbrio, para não dizer melancólico. O enredo mostra as consequências que a morte de Joe Chandler (interpretado por Kyle Chandler) trouxe à família.

O longa traz de forma estupenda a batalha do filho de Joe, Patrick (Lucas Hedges), contra o luto, em contraste com a aceitação de Lee da morte do irmão. O por quê dessas formas quase que opostas de  lidar com o pesar fica claro por volta da metade do filme, e vai te fazer entender o papel da morte no amadurecimento das pessoas. Não se esqueça dos lenços para assistir a um dos melhores filmes da década.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.