Tamanho do texto

Famosos como David Beckham, Hugh Jackman e Marco Pigossi são exemplos de famosos que já aderiram a essa moda; barbeiro explica detalhes e dá dicas

Da próxima vez que for cortar o cabelo e fazer a barba é bom pedir para caprichar nas costeletas, pois o barbeiro Vinicius Monteiro, da D.O.N Barber Beer, afirma de essa tendência está de volta. Artistas internacionais como David Beckham, Hugh Jackman e Ryan Reynolds já aderiram a essa moda. Aqui no Brasil, Marco Pigossi, Bruno Gagliasso e Thiago Lacerda também são alguns exemplos.

Leia também: 5 dicas de como aparar a barba sem precisar ir ao barbeiro

David Beckham, Hugh Jackman e Marco Pigossi são alguns dos famosos que costumam usar costeletas
Reprodução/Instagram
David Beckham, Hugh Jackman e Marco Pigossi são alguns dos famosos que costumam usar costeletas


Existem vários tipos de costeletas e, antes de pedir para o barbeiro fazer o corte, é preciso saber o que procura e o que mais combina com você. Para simplificar, Vinicius fala que as que são mais largas combinam com quem possui traços mais fortes e agressivos; já as finas são mais indicadas para os homens mais magros, assim o rosto não fica escondido.

O tipo do rosto também pode influenciar na hora da escolha da costeleta. “O rosto oval é o que mais permite opções, mas caso esteja começando a usar agora, prefira o estilo mais básico, ou seja, reta e com altura no meio das orelhas”, indica.

Leia também: Saiba que cortes masculinos são tendência e como manter os penteados

Para os rostos redondos, o que fica melhor é a costeleta um pouco mais alongada, pois o barbeiro explica que esse efeito ajuda a deixar o rosto com uma aparência mais fina.  “Já para o rosto quadrado, vale apostar em uma costeleta mais comprida com corte fade para alongar seu rosto.”

Cuidados com as costeletas

Ryan Reynolds, Thiago Lacerda e Bruno Gagliasso também aderiram as costeletas
Reprodução/Instagram
Ryan Reynolds, Thiago Lacerda e Bruno Gagliasso também aderiram as costeletas


O mais importante quando for ao barbeiro é saber exatamente o que você quer e se estiver na dúvida peça a opinião do profissional. “É importante se atentar aos aspectos físicos do cliente e também ao tipo de corte que ele vai fazer. Quando é um corte curto, não vale investir em uma costeleta longa, por exemplo. Além disso, a costeleta deve ser simétrica e acompanhar o formato do rosto”, ressalta Vinicius.

Claro que você pode seguir as tendências e mudar o visual, mas o barbeiro alerta que você nunca deve deixar de lado sua personalidade. “Não force um estilo ousado ou descolado, caso não tenha e o barbeiro esteja indicado. Faça algo que vai te deixar a vontade com a sua aparência”, aconselha.

Leia também: Boné prejudica? Proteína ajuda? Mitos e verdades sobre a calvície na juventude

Depois de feitas, é preciso ter um cuidado especial com as costeletas , pois elas são consideradas uma parte da barba e os fios crescem rapidamente. A dica do especialista é sempre deixar a região aparada e, se possível, ir ao barbeiro quinzenalmente. Para ter um bom resultado, é indicado usar produtos de barba na região e não produtos de cabelo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.