Tamanho do texto

As tatuagens inspiradas pelo estilo tribal Maori foram concluídas após 2 anos

O halterofilista britânico Ray Houghton, nativo de Manchester, gastou £ 7,5 mil (aproximadamente R$ 37 mil) e 240 horas para preencher o corpo inteiro com tatuagens inspiradas pelo estilo tribal Maori. Sim, todas as partes foram preenchidas e nem mesmo seu pênis escapou!

Leia também: Procedimento de R$5,9 mil é esperança para homem com disfunção erétil

Ray Houghton cobriu seu corpo de tatuagens depois de dois anos, e nem seus órgãos genitais escaparam da agulha
shutterstock
Ray Houghton cobriu seu corpo de tatuagens depois de dois anos, e nem seus órgãos genitais escaparam da agulha

O halterofilista, que vive atualmente na Espanha, ficou viciado em tatuagens depois que teve de cobrir oito tattoos "vergonhosas" feitas na adolescência. Elas deixavam-no relutante de exibir seus músculos, mas, no final, a decisão de cobri-las se tornou uma verdadeira obsessão - dessa vez para cobrir sua pele "envelhecida".

A história, capturada originalmente pela agência britânica South West News Service (SWNS), foi divulgada por veículos internacionais como o jornal americano New York Post e o tabloide inglês The Sun . Segundo informações da agência, o processo demorou dois anos para ser concluído, e a etapa final foi a que cobriu suas genitálias de tinta. 

Leia também: Poluentes encontrados em industrializados e panelas podem diminuir seu pênis

Cobrindo o pênis de tatuagens

O halterofilista cobriu até o pênis de tatuagens para não ter mais que se olhar no espelho e ver a pele envelhecida
Reprodução/New York Post
O halterofilista cobriu até o pênis de tatuagens para não ter mais que se olhar no espelho e ver a pele envelhecida

Apesar de já ter "rabiscos" em diversas partes do corpo, foi exatamente na hora de tatuar o pênis que as coisas se complicaram. Para começar, foi difícil encontrar um tatuador que topasse fazer o procedimento. 

Ele declarou que "não sente mais dor" depois de tantos desenhos no corpo, mas isso não impediu que o tatuador hesitasse quando soube que ele queria cobrir uma área tão sensível.

Depois de três meses procurando alguém, ele finalmente encontrou um profissional disposto, que fez o procedimento no conforto da academia do halterofilista, a Beach Body, em Alicante, cidade portuária espanhola.

Mas o mais bizarro foi que, para concluir o doloroso processo - que incluía seus testículos -, ele precisou usar um rolo de macarrão para facilitar o trabalho do tatuador.

Para conseguir ser tatuado "lá embaixo", Ray enrolou seu órgão genital no utensílio de cozinha porque, como ele mesmo disse à agência, este seria o método mais fácil de concluir a tatuagem. "Você não consegue fazer isso em um banco ou num balcão".

Mesmo com todo o cuidado e experiência nesse tipo de atividade, a manobra insana de cobrir a genitália de tinta teve consequências igualmente absurdas sobre o corpo do britânico. De acordo com o New York Post , seus testículos incharam até ficarem quatro vezes maiores que o normal depois da sessão de 4 horas.

Leia também: Homem não consegue controlar a excitação que sente pela parceira e pede ajuda

Mas, sengundo Ray, todo este sofrimento valeu a pena e agora, depois de ter os genitais cobertos de tatuagens ,  ele se diz completo pela primeira vez na vida. "Eu estava tão desesperado para concluir. Eu não gostava de olhar no espelho e ver minha pele envelhecida. Eu gosto de parecer jovem".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.