Tamanho do texto

No Reddit, o marido queria saber se tinha sido babaca por dizer à mulher grávida que sua gestação não podia ser uma desculpa para ela parar de ajudar em casa - e o veredito dos outros usuários sobre a atitude foi unânime

Um casal de médicos, ambos de 32 anos, teve um desentendimento que foi parar no fórum online Reddit. No tópico AmITheAsshole (ou "Sou eu o babaca?"), o marido postou uma longa reclamação a respeito dos acontecimentos do dia anterior: ele havia perdido a paciência com a mulher grávida, e acabou a acusado de usar a gestação como desculpa para não ajudar nas tarefas domésticas.

Leia também: Jovem faz pedido de casamento acidental para a namorada e pede ajuda no Reddit

O marido e a mulher grávida brigaram porque ela não estava mais ajudando nas tarefas de casa, mas a atitude dele gerou polêmica no fórum online Reddit, com a maioria dos usuários tomando o partido da esposa na situação
O Aconselhador
O marido e a mulher grávida brigaram porque ela não estava mais ajudando nas tarefas de casa, mas a atitude dele gerou polêmica no fórum online Reddit, com a maioria dos usuários tomando o partido da esposa na situação

No post, ele deu um pouco de contexto sobre a briga que teve com a mulher grávida : "Eu trabalho muito (55-60 horas por semana em média). Minha esposa ainda está acabando sua residência, mas os horários dela são ótimos. São cerca de 30 horas por semana que ela passa na clínica", começou.

Em seguida, contou como a expectativa do nascimento do primeiro filho havia os deixado animados. No entanto, alguns efeitos colaterais da gravidez não foram tão agradáveis para ele.

"Ela perdeu o interesse no trabalho. Ela não ajuda mais em casa e diz que está cansada o tempo todo", relatou, antes de acrescentar que ela não estava fatigada, já que saía frequentemente com os colegas e as amigas.

Por fim, o marido contou que estourou no dia anterior ao post porque "ela não saiu para fazer as compras apesar de eu ter pedido para que ela fosse quando saí de casa." Então continuou: "Eu gritei com ela, dizendo que estar grávida não te torna deficiente ou te impede de fazer as coisas".

Outro motivo para a explosão do médico foi a compra súbita de um carrinho de bebê que no Brasil custa cerca de R$9 mil. Como ele é responsável por 90% do dinheiro que entra na casa deles, sentiu-se traído pela decisão da esposa. Depois da briga, ele disse que a ela não falou com ele durante o dia.

Leia também: Marido faz planilha com desculpas da mulher para não fazer sexo e caso viraliza

A reação à reclamação dele sobre a mulher grávida

Embora tenham defendido a mulher grávida, alguns usuários compreenderam a frustração do marido com as coisas
shutterstock
Embora tenham defendido a mulher grávida, alguns usuários compreenderam a frustração do marido com as coisas

Apesar do longo relato do médico, os usuários que participam do tópico não foram tão empáticos assim. O principal comentário, com mais de 1,3 mil curtidas, declarou o marido culpado de ser um babaca, embora reconhecesse alguns pontos válidos na inconformação dele.

"Ela trabalha 30 horas por semana e está grávida, cheia de hormônios e provavelmente está perdendo sua paixão pela Medicina por causa dos instintos maternos que estão se formando. Eu acredito que seja possível que ela esteja sendo preguiçosa, mas não é o que parece", escreveu o usuário.

Depois, continuou dizendo que de fato não era justo que ele fizesse todas as tarefas domésticas além de trabalhar entre 55 e 60 horas por dia, mas deu uma solução bastante prática.

"Talvez você devesse parar de fazer tudo isso e contratar alguém para ajudar. Contrate uma empregada que venha uma vez por semana, aí você pode lidar só com a cozinha e as compras", sugeriu.

Mas, para finalizar, o comentário não poupou no sermão sobre a questão das finanças do casal . "Você pode ganhar 90% do dinheiro, mas se você acha que isso te torna 9 vezes mais importante que a sua esposa, você não vai ficar casado por muito tempo. Um casamento é uma parceria , vocês são igualmente importantes", repreendeu.

Outros usuários seguiram o mesmo veredito do primeiro, como este, que lembrou a seriedade da gravidez para uma mulher. "Você pode ganhar 90% da grana, mas ela está carregando 100% da responsabilidade de formar um novo ser humano dentro de si, além da dor e das mudanças permanentes para o corpo e a saúde dela. Ah, e o risco real de morrer durante o parto", disparou.

"Dito isso, sim, você e ela precisam ter uma conversa honesta, porque sua frustração é justificada. Porém, não ter energia e estar com os hormônios à flor da pele durante a gravidez não é ser 'preguiçosa'", completou o usuário.

Leia também: Jovem americano cria aplicativo de relacionamento inspirado em Black Mirror

Em resposta aos comentários negativos sobre o tratamento que ele deu à  mulher grávida , o homem editou o post original para esclarecer que além das horas passadas no trabalho, ele ainda dispendia 15 horas por semana no tráfego, então não tinha tempo de sobra para relaxar. "Eu também não estou pedindo que ela faça todas as tarefas domésticas, como alguns estão insinuando", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.