Tamanho do texto

Justin Hanks descobriu um câncer após dois meses de casado. Com medo do futuro, ele e a esposa decidiram formar uma família e tiveram dois meninos

Dois meses após se casar, Justin Hanks, de 29 anos, recebeu a notícia que mudou a sua vida e a da esposa Jennifer, de 30 anos. Em 2013, ele foi diagnosticado com câncer no testículo e precisou passar por uma cirurgia para retirar o tumor. Com o avanço da doença, o casal resolveu tentar ter um filho, mas vieram dois e, ao descobrir a gravidez, o pai resistiu ao máximo para conhecer os gêmeos.

Leia também: Com câncer terminal, homem pede esposa em casamento depois de anos juntos

Justin Hanks descobriu um câncer e decidiu que deveria tentar logo ser pai, ele conseguiu e viu os filhos antes de morrer
Reprodução/Instagram
Justin Hanks descobriu um câncer e decidiu que deveria tentar logo ser pai, ele conseguiu e viu os filhos antes de morrer


A vontade de ser pai se intensificou quando o casal recebeu a dolorosa notícia da doença. “Nós ficamos arrasados. Ele ficou deprimido por um tempo. O câncer havia tirado muito de nós como nossa vida de recém-casado e nosso casamento”, conta Jennifer em entrevista a revista americana “People”.

A esposa de Justin afirma que eles nunca perderam a esperança de que superariam a doença e, por isso, não deixaram que o câncer os impedissem de viver da maneira mais normal possível. “Sabíamos que teríamos nossos dias ruins e choraríamos e, então, levantaríamos as nossas cabeças e seguiríamos em frente para o próximo dia.”

Determinados a seguir em frente, Jennifer e Justin planejaram começar uma família – mesmo com a doença se agravando cada vez mais. “Nós não queríamos que o câncer nos prendesse mais, porque era isso o que ele estava fazendo. Se a gente ficasse na dúvida sobre ter uma família e ele só fosse curado do câncer depois de cinco anos, poderia ser tarde demais e nos arrependeríamos. Não queríamos que o câncer controlasse nossa decisão de ter filhos.”

Leia também: Homem viraliza ao deixar mensagem emocionante para a filha no espelho

O casal resolveu procurar pela fertilização in vitro e, em setembro de 2017, eles descobriram seriam pais de gêmeos. “Ele estava tão feliz em ser pai”, lembra Jennifer. “Assim que descobrimos que teríamos gêmeos, ele ficou alegre. Então, quando descobrimos que seriam dois meninos, ele ficou muito empolgado. Nós estávamos muito felizes.”

Pai resiste ao máximo para conhecer filhos

O pai conseguiu ver os gêmeos nascerem e três meses depois ele acabou falecendo enquanto dormia
Reprodução/Instagram
O pai conseguiu ver os gêmeos nascerem e três meses depois ele acabou falecendo enquanto dormia


Durante a gravidez, a saúde de Justin pareceu melhorar. Ele já havia passado por pelo menos três cirurgias e várias rodadas de quimioterapia desde o diagnóstico. Mesmo fragilizado, Jennifer conta que Justin conseguiu cuidar dela enquanto se preparavam para receber os meninos.

“De manhã ele geralmente não se sentia muito bem, ainda assim ele se levantava e me fazia o café da manhã. Ele foi tão incrível”, enfatiza Jennifer. No entanto, a saúde de Justin piorou quando ela chegou aos sete meses de gravidez e os médicos achavam que ele não sobreviveria viveria para ver o nascimento dos filhos .

“Foi muito difícil. Nós queríamos que ele vivesse”, diz a mãe dos gêmeos. As chances eram poucas, mas Justin conseguiu resistir a doença e ficou na sala de parto com Jennifer quando ela deu à luz Everett e Marechal Hanks.

No momento do parto, a mãe lembra que podia ouvir a voz fraca de Justin por perto dizendo: “Vamos, Jenn, você pode fazer isso!”.

Antes de morrer subitamente, o pai passou três meses com os gêmeos
Reprodução/Instagram
Antes de morrer subitamente, o pai passou três meses com os gêmeos

Para ela, a cena do marido segurando os filhos pela primeira vez foi algo marcante.

“Foi fantástico. Eu senti como se estivesse testemunhando um milagre. Eu sabia o quanto ele queria estar aqui, então para ele ter a chance de ver e ter aquele momento com seus filhos era tudo. Agora posso dizer que ele teve esse momento. Acho que isso vai me ajudar a seguir em frente.”

Leia também: Jovem faz pedido de adoção para padrasto no Natal, e vídeo viraliza

Nos meses seguintes, a família aproveitou o tempo juntos. Tudo parecia bem, até que Justin morreu repentinamente enquanto dormia. “Foi um choque, apesar de ter câncer e parecer doente, queríamos que ele vivesse. Foi duro e muito traumático”, comenta Jennifer.

Ela também diz que é grata por seus dois filhos, pois eles mantêm viva a lembrança do pai amoroso que lutou para ver eles chegaram ao mundo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.