Tamanho do texto

Após pagar mais de R$400 mil por uma barriga de aluguel, o pai solteiro conseguiu realizar seu sonho de ter uma família para chamar de sua

Antonio Marsocci, um consultor de moda britânico de 47 anos, agora é o pai solteiro das gêmeas Anna e Maria. Vive com HIV há 15 anos, ele temia que nunca pudesse ter filhos - um sonho de longa data. Mas tudo mudou após o término de seu relacionamento em 2017, quando ele decidiu que assumiria sozinho a missão de virar pai - algo que acabaria lhe custando mais de R$400 mil.

Leia também: "Não chorava há tempos": pai solteiro desabafa ao ler e-mail de esposa falecida

O pai solteiro Antonio Marsocci venceu inúmeras barreiras para ver o nascimento de suas filhas - dentre elas, o HIV
Reprodução/Instagram
O pai solteiro Antonio Marsocci venceu inúmeras barreiras para ver o nascimento de suas filhas - dentre elas, o HIV

Entretanto,  o custo financeiro não foi o única barreira que ele teve de superar no caminho até ser pai solteiro . Muitos outros obstáculos apareceram diante de Antonio, dentre eles o vírus HIV e a sua orientação sexual. "Eu sonhava em ter uma família, mas o fato de eu ser solteiro, gay e soropositivo sempre foi um obstáculo", contou ele ao tabloide inglês  The Mirror .

Ele relatou que quando decidiu ter o filhos sozinho, "as agências de adoção disseram que eu tinha chance de conseguir, mas que a prioridade seria sempre dos casais e mães solteiras. Ou seja, eu poderia ter de esperar por anos pela minha vez".

Como se não bastasse isso, segundo o tabloide inglês, as clínicas de inseminação artificial também diziam que ele nunca acharia uma barriga de aluguel disposta a gestar os filhos de um portador de HIV.

Mas tudo mudou quando um amigo sugeriu que ele procurasse a ajuda de uma clínica no Chipre, que poderia auxiliá-lo na sua busca. Sem nada a perder, Antonio decidiu arriscar.

Leia também: Pai solteiro usa vestido para ir à festa de Dia das Mães na escola dos filhos

A jornada do pai solteiro para alcançar seu sonho

No Instagram, o pai solteiro publica fotos quase que diariamente mostrando o amor que tem pelas filhas Anna e Maria
Reprodução/Instagram
No Instagram, o pai solteiro publica fotos quase que diariamente mostrando o amor que tem pelas filhas Anna e Maria

Depois de entrar em contato com a clínica, ele encontrou, em poucas semanas, uma barriga de aluguel e uma doadora de óvulos, ambas do leste europeu. No total, o procedimento saiu por £80 mil, aproximadamente R$402,9 mil - mas valeu a pena para Antonio.

"Os médicos de lá eram muito profissionais. Eles disseram que, com os avanços da medicina, uma mulher poderia gestar os meus filhos sem o risco de transmitir o HIV, e que eles nasceriam saudáveis", relatou ele ao Mirror .

Para aumentar ainda mais a felicidade do consultor de moda, 12 semanas depois da inseminação ele descobriu que o embrião na barriga de aluguel havia se repartido. Ou seja, agora ele seria pai de duas crianças ao invés de uma.

Depois disso, durante seis meses ele viajava com frequência para o Chipre, onde acompanhava a mãe de aluguel nos exames. Então, em dezembro de 2018, ele recebeu a notícia que tanto esperava: suas filhas, Anna e Maria, haviam nascido - e com duas semanas de antecedência.

Nesse momento, só faltava descobrir uma coisa: se as suas gêmeas de fato estavam a salvo do vírus HIV, uma preocupação que Antonio admitiu ter durante toda a gestação da mãe de aluguel. Para a felicidade do consultor de moda, o destino estava do seu lado.

Leia também: Pai fica "tóxico" durante quimioterapia não pode nem beijar a esposa grávida

"Quando o exame de sangue confirmou que as duas estavam livres do vírus, eu me pus a chorar", revelou. Agora, com a consciência tranquila e toda a felicidade do mundo, o pai solteiro pode desfrutar a companhia de suas filhas gêmeas em casa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.