Tamanho do texto

Pesquisa indica que esse medicamento pode levar a morte prematura do homem e cardiologista diz quais são os efeitos colaterais que ele pode causar

A busca por um corpo “perfeito” está cada vez maior e, para conseguir resultados rápidos, muitos homens acabam abusando de hormônios e suplementos. Os esteroides androgênicos, que são mais conhecidos como anabolizantes, estão entre os mais utilizados para o ganho rápido de massa muscular, mas podem trazer diversos problemas – incluindo a morte prematura. 

Leia também: Suplementos alimentares ajudam ou são prejudiciais? Especialista explica

Usar esteroides anabolizantes pode ser muito perigoso para saúde, pois causa diversos efeitos colaterais, até a morte
Shuttersock
Usar esteroides anabolizantes pode ser muito perigoso para saúde, pois causa diversos efeitos colaterais, até a morte


O cardiologista Diego Garcia explica que os anabolizantes são derivados principalmente da testosterona, o principal hormônio sexual masculino, e atuam no crescimento de alguns tecidos do corpo, como ossos e músculos.

Vários homens usam anabolizante por conta própria, mas isso se trata de um medicamento e seu uso pode gerar diversos efeitos colaterais – que vão de leves a muito graves. “O homem pode apresentar aumento de acnes, alterações na função do fígado, tumores no fígado, queda de cabelo, comportamento agressivo e outras alterações psiquiátricas”, afirma Diego.

Além disso, o cardiologista acrescenta que o produto pode causar eventos tromboembólicos, como trombose venosa e embolia pulmonar, e também pode resultar em aumento da pressão arterial, arritmias, infarto e AVC.

Morte prematura e problemas no coração

Segundo estudos, os anabolizantes podem causar diversos problemas cardíacos e também a morte prematura do homem
Shuttersock
Segundo estudos, os anabolizantes podem causar diversos problemas cardíacos e também a morte prematura do homem


Além de todos esses efeitos colaterais já são comprovados, um novo estudo publicado na revista científica europeia Journal of Internal Medicine indica que os homens que usam esteroides anabolizantes correm um risco maior de ter uma morte prematura, além de estarem mais propensos a enfrentar internações hospitalares.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores passaram cerca de sete anos acompanhando 545 homens que utilizaram esse medicamento de forma errada e notaram que a ingestão desnecessária de hormônio representa um risco três vezes maior de morte súbita.

Leia também: Treino trabalha corpo todo, queima gordura e ajuda a ganhar massa; aprenda

Outro estudo, realizado pelo Instituto do Coração (Incor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), também indica que o uso desse medicamento sem prescrição médica provoca problemas cardíacos.

A pesquisa identificou que cerca de 25% dos jovens analisados apresentaram placas nas coronárias. Diego explica que essa é uma complicação que impede o fluxo sanguíneo e o suprimento de oxigênio do sangue, podendo causar um AVC ou um ataque cardíaco.

Quando os anabolizantes devem ser usados?

O homem pode usar anabolizantes quando possuem deficiência desse hormônio no organismo, mas por estética não
shutterstock
O homem pode usar anabolizantes quando possuem deficiência desse hormônio no organismo, mas por estética não


O especialista ressalta que devido a todos esses efeitos colaterais, esse tipo de medicamento só é indicado em algumas situações, como quando a pessoa tem deficiência do hormônio da testosterona. “O uso apenas para fins estéticos é proibido e pode trazer vários problemas de saúde a curto, médio e longo prazo. Mesmo quando for prescrito por médico pode apresentar complicações”, alerta.

Esses produtos ainda são vistos por muitos como um suplemento que ajuda no ganho de massa muscular , mas Diego deixa claro que ele não se trata de um suplemento, mas, sim, de hormônios sintéticos que deve ser utilizado para o tratamento de doenças.

Leia também: Faz "crescer"? Engorda? É ruim para o rim? Saiba como funciona o Whey Protein

Há também quem confunda esse medicamento com o popular Whey protein. O cardiologista explica que são coisas diferentes, pois enquanto um se trata de hormônios, o Whey é a proteína extraída do soro do leite. “Na prática, o Whey fornece o substrato que os músculos precisam para se hipertrofiarem.”

Existem diferentes tipos de Whey e o que costuma variar é o tempo de absorção e os componentes nutricionais que ele possui, a escolha de qual vai usar vai de acordo com o objetivo da pessoa.

Vale ressaltar que antes de utilizar suplementos e medicamentos como os anabolizantes é importante procurar um especialista, seja endocrino, nutrólogo ou nutricionista, para ter uma orientação correta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.